O milagre das miçangas

Todo mundo sabe que o comércio de Ilhéus é uma nulidade completa. Além de ser tudo caro – o povo pensa que aqui não mora ninguém, só tem turista – não se encontra nada que valha a pena se olhar… Nada que encha os olhos, que encante… que desperte o desejo… Não estou exagerando, quem frequenta as duas ruas de comércio da minha cidade (que é linda, no que se refere ao resto) sabe que falo a verdade.

Pois é, hj quis fazer uma gracinha pra mim mesma… e saí procurando uma blusinha. Entrei numas 4 ou 5 lojas… pra não encontrar nada. Parece que todos os lojistas compram no mesmo lugar… e nem é no Brás, que sei que lá se encontra de tudo e tem coisas lindas! Aqui… era tudo igual, e sem graça! Que coisa chata!

Quando já não pensava mais que acharia nada… vi umas blusas lisas… absolutamente sem graça, mas um azul (sempre ele) me chamou atenção. Contra todas as minhas espectativas, entrei no provador e fui experimentar a blusa. Gostei do contraste entre o azul e a minha pele… sempre gosto. (Meu guarda-roupa se divide entre preto e azul… o resto são só detalhes!) Mas imaginava me dar de presente algo mais interessante, não aquela blusa sem sal.

Foi aí que pensei… Por que a blusa tinha que ser lisa? Eu mesma podia fazer algo nela… seja lá o que fosse, mas que transformasse todo aquele azul em algo mais, seguindo o exemplo da estilista que sempre tive em casa. Nem pensei em quê, mas achei que podia fazer.

Cheguei em casa e fui procurar o estoque de miçangas e vidrilhos da época não muito longe em que fizemos bijoux lindíssimas. Ah, que cena! Diante de mim milhões de possibilidades de transformar aquela blusa em “a” blusa! Não deu em outra! Foi como se o céu se enchesse de estrelas! E fiquei pensando como as coisas podem ser transformadas pelas nossas mãos!

A vida pode ser de vários tipos, mas hoje quero olhar apenas esses dois: liso… ou brilhante, cheio de miçangas, trabalhado, único!

Decidi que minha vida não vai ficar “lisa”… sem graça… sem sal… mesmo sendo naturalmente de uma cor bonita. Vou bordar desenhos variados, como fiz na blusa… Vou criar meu futuro… E fazer algo triplicar o valor!

Ó, depois eu faço uma montagem do antes-durante-depois e coloco aqui. Da blusa, porque da vida… não dá pra retratar!

Anúncios

  1. Uau, Anabebissina!! Gostei muito desse seu post. Sabe aquelas coisas que vc le e fica pensando em vc? Legal, muito bom mesmo… e tou aqui agora pensando nos desenhos da minha vida… Mas, fiquei curioso de ve a blusa azul, viu?? Bjo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s