ANÁLISE DA CONSTRUÇÃO E FUNCIONAMENTO DA RÁDIO-POSTE SONORIZAÇÃO E TV MARÉ MANSA, EM ILHÉUS – BAHIA

Grande??? Pois é o título do meu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) vulgarmente conhecido como Monografia ou mono, para os mais íntimos.

A intenção é fazer uma análise da construção e funcionamento da rádio-poste denominada “Sonorização e TV Maré Mansa” (SMM), localizada no terminal de ônibus urbano aqui em Ilhéus.

Dentro dos questionamentos, está compreender as motivações que levam seu proprietário, o Sr. Emirom Martins a manter este serviço há cerca de 9 anos, sem que haja um retorno financeiro visível, e isto sem quaisquer subsídios, sejam governamentais ou de instituições privadas.

Também penso em questionar o alcance qualitativo e quantitativo da ação social e comercial da emissora, que se caracteriza como “rádio comunitária”, uma vez que parte da própria comunidade em que está inserida, e atende aos requisitos de baixa potência, sem fins lucrativos e envolvimento social na comunidade.

Considerando a ausência de registros formais da história do rádio na região grapiúna no que tange ao formato de rádio-poste, meu TCC vai também se tornar subsídio científico para futuras pesquisas e trabalhos acadêmicos acerca da história do rádio na cidade de Ilhéus.

Eu estou bastante empolgada com o trabalho, especialmente por ser algo prático, que não vai me fazer passar horas sentada na biblioteca ou lendo mil coisas. Sim, claro que terei que ler, para fazer o embasamento teórico, mas a essência está mesmo no formato de “história oral”, usando o método biográfico, já que a história da emissora se funde com a do seu proprietário.

De início, vou fazer uma pesquisa de campo para identificar os sujeitos relevantes, além do sujeito principal, dentro do universo de estudo, e a partir dessas visitas de observação e contato inicial, serão realizadas entrevistas semi-estruturadas para aprofundamento do estudo.

Só explicando, a entrevista é um instrumento no qual o pesquisador tem por objetivo obter informações do entrevistado relacionadas a um objetivo específico. Pretendo utilizar a entrevista semi-estruturada, que é caracterizada pela “…formulação da maioria das perguntas previstas com antecedência e sua localização é provisoriamente determinada.” (COLOGNESE e MÉLO, 1998). Nesse tipo de entrevista, o entrevistador tem uma participação ativa, pois apesar de se guiar por um roteiro, ele pode fazer perguntas adicionais a partir do que foi dito pelo entrevistado, seja para esclarecer questões ou para melhor compreender o contexto.

De fato, criei um blog à parte, só pra registrar o dia-a-dia da minha pesquisa… pra não ficar aqui falando sempre da mesma coisa, já que eu sei que isso seria tema recorrente. Mas como prometi que iria explicar direitinho meu projeto, aqui está este post. Passem lá depois, e acompanhem o desenrolar da história.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s