Motivos para "desazedar"

Confesso que fui um tantinho exagerada quando escrevi o post anterior. Sim, o frio estava chatinho na sexta (mas o sábado foi de sol, e o domingo está mais-ou-menos), e a frustração em não ter logo o resultado existiu, sim, embora não precisasse “gastar” um post com ela.

Infelizmente não dava pra seguir a sugestão que Sofia fez nos comentários do post citado, então resolvi assistir os filmes que estavam pendentes e estou passando o final de semana sem sofrer demais.

Comecei com PS: Eu te amo. Depois de ouvir tantas referências a ele… esperava coisa melhor. Acho que pela sinpose, eu teria escrito um roteiro mais interessante, mas tudo bem, não foi ruim. Não merece troféu nenhum, nem o Pipoca Mofada, nem o Pipoca Quentinha. Mas vamos adiante.

Escolha do filhote, O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet (“bizarro, mas legal” na opinião dela), direção de Tim Burton, merecia um subtítulo nos créditos de direção: Tarantino faz escola. A história é interessante, e contada em forma de opereta, quase toda cantada, embora tenha momentos de fala. Uma vingança ao estilo Conde de Monte Cristo que me fez ficar com nojo mortal de carne moída. E, unfortunally, no happy end. Mas gostei. Só que também não merece nenhum troféu.

Licença Para Casar foi a péssima escolha do fim de semana. Adoro Robin Williams, mas ele no papel de um padre chato e manipulador me deixou irritada. As atitudes da “mocinha” do filme também foram… como direi… babacas ao extremo (sorry, não encontrei outra palavra). E um happy end desse, eu dispensava. Leva o Pipoca Mofada, sem dó nem piedade.


O grande achado foi rever O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. Lembro que tinha assistido na época em que tinha DirecTV, mas me lembrava de muito pouca coisa, ao ponto de não me sentir confortável quando alguém fazia qualquer comentário. Na verdade, a impressão que tinha era de não ter gostado do filme. Depois de assistir “direitinho” hoje, percebi que eu não tinha era pegado o filme do começo, coisa que sempre acontecia nos tempos de HBO. Nem conto as vezes que assisti primeiro o final, depois o meio e só então o início do filme. Como Amélie sem o começo fica incompreensível… deduzo que foi por isso que eu não tinha dado o devido valor.

Começa pela apresentação. Perfeita. Me vi um pouco nas imagens da garotinha que brinca sozinha… acho que fiz quase tudo o que ela faz ali, menos colocar 10 morangos de uma vez na boca e desenhar carinhas no queixo e na mão fechada. A atuação da garotinha na primeira parte do filme é fantástica, e a expressão do olhas casa direitinho com a de Amélie jovem. Adoro quando conseguem fazer essa ligação assim! O filme não levou nenhum Oscar, mas eu daria o de melhor atriz a Audrey Tatoo e também o de melhor fotografia. É raro o filme em que eu não mudaria a iluminação, se fizesse a direção de fotografia. Nesse, eu não mexeria em nada. Ficou claro que leva o Pipoca Quentinha! (Quem concorda levante a mão!)

Além disso baixei esses dias a trilha sonora ORIGINAL de Vila Sésamo, datada de 1974. Baixei, e esqueci. Mas na sexta à noite, quando fui fazer o backup dos arquivos de maio (é, atrasada), é que descompactei e ouvi. Delícia!!! Me fez voltar no tempo e também perceber que minha memória auditiva ainda é boa – lembrei de quase todas as canções!

(Quando comentei com um amigo sobre isso, ele me perguntou se o Garibaldo que eu lembrava era azul ou amarelo. Quase instintivamente respondi “azul”, mas pra evitar dizer besteira, respondi: minha TV era preto e branco!” Hoje fui procurar no Pai Google… e era azul na versão brasileira. E era azul exatamente porque a TV era p&b!!! Então a memória visual também está razoável.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s