Amor da minha vida…

Amor da minha vida
Daqui até a eternidade!
Nossos destinos foram traçados
Na maternidade…

Exagerada…
Jogada aos teus pés,
Eu sou mesmo exagerada…
(…)

Eu nunca mais vou respirar
Se você não me notar.
Eu posso até morrer de fome,
Se você não me amar…


Por você eu largo tudo,
Vou mendigar, roubar, matar.
Até nas coisas mais banais,
Pra mim é tudo ou nunca mais.

Que por você eu largo tudo:
Carreira, dinheiro, canudo.
Até nas coisas mais banais,
Pra mim é tudo ou nunca mais

***

Diz quanto custa o seu sorriso,
Diz quanto custa o seu amor!


Faço o que for preciso,
Faço tudo que preciso for…

Eu pulo do alto da torre
Só por você!
E subo no topo do mundo,
tentando encontrar seu olhar

Riqueza nem ouro eu tenho a oferecer.
Só tenho no peito o tesouro guardado
Pra te dar, te amar…

O que você quiser tem em mim,
Tudo que há em mim eu te dou.
Tudo tudo tudo, amor…
Tudo tudo tudo…

Sem aspas, porque é como se eu tivesse escrito. Porque hoje é o dia dele. Porque ele está longe, e apesar de saber que está sendo zentas vezes melhor pra ele comemorar o aniversário com uma viagem, com o pai, com os primos, tios, avós… eu fico daqui com o cantinho do coração desejando que ele tivesse ficado, pra a gente ir ao cinema, comer uma pizza ou assistir um filme no pc, enroscadinhos na cama.

Deus te abençoe, meu amor, amor da minha vida. E vou estar sempre aqui, pra você. Lembre-se disso… se por acaso um dia você duvidar.

Em Off: Mamãe zi ama…mamãe zi dola, mamãe zi quer…

Anúncios

Uma resposta

  1. Pingback: Dia de Clássicos Republicados, novamente «

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s