Ecos de sábado

Fiquei meio sem graça de escrever sobre o show de sábado. Perder minha câmera me deixou sem um pedaço de mim. E embora tenha feito tudo pra não me angustiar, não posso negar que me quebrou. E fiquei esperando aparecer pela net alguma foto pra ilustrar o post

Mas, vamos lá. Num ambiente bem descontraído, a família Neto subiu ao palco e esbanjou simpatia. Com direito a chamar “paiiiinho!”, Flávia soltou a voz e ainda se justificou: “não é pra ser uma coisa íntima, de casa?” Daniel fez solos de violão (e voz também) e Edu só não estava mais bobo e babão com as crias, porque não cabia.

Cantaram, tocaram e conversaram, sortearam brindes, enfim, foi uma noite cheia!

Com um repertório bem escolhido, a família encontrou um teatro lotado. O high society ilheense estava lá, amigos de todas as linhas… felizes por verem um espetáculo daquela magnitude. Gostei! (Gostaria mais se não tivesse perdido minha maquininha… Buáaaaaa…)

Foto: José Nazal, enviada por Sandra.

Off the record: Namorado é demais!!! Já comprou uma câmera nova pra mim… e zentas vezes melhor do que a que perdi!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s