O texto que eu gostaria de ter escrito

Sem mudar uma linha. Ele me chegou através dos “ítens compartilhados de Eva“,  e me despertou o desejo não somente de comentar nele, mas de que todo mundo pudesse lê-lo.

Gostaria de copiar aqui, palavra por palavra, mas isso é coisa de plagiador barato, coisa que eu não sou, e vocês sabem disso. Então, por favor, vão lá no Championship Vinyl e leiam o post Vida, depois de ler o post Morte.

Eu não conheço o blogueiro (Rob Gordon, deve ser pseudônimo), nunca andei por lá, quero dizer, não conhecia, mas já que já andei, digo logo que é dos blogs que vou continuar lendo, e se você gosta de textos bem escritos, de maneira inteligente e bem humorada, é um prato cheio.

Mas o mais importante é que lendo o texto dele fiquei pensando quão pouco tenho comentado nos blogs que gosto de ler… e não adianta dizer que é falta de tempo, qualquer justificativa é furada. Há muito tempo ouvi alguém dizer que “ter tempo é uma questão de preferência”, e apesar dos impedimentos, sempre dá pra fazer um esforço e se fazer presente na vida de quem a gente gosta, seja à vera ou virtualmente.

Então, não esqueçam de comentar. Lá e aqui. Porque o que ele diz é a mais pura verdade: São os comentários que dão vida a um blog, sem eles, ele morre.

Eu participo da campanha:

Eu ia esquecendo! Por falar em “participar da vida de quem a gente gosta”, hoje recebi a visita de Rê e Namorado dela (o nome dele é Tairone, mas eu fiquei com vergonha de dizer!) que tomaram café da manhã comigo. Só não foi melhor porque Marido já havia saído pro trabalho, mas foi muito bom perceber, como ela disse num e-mail recebido à tardinha, “Que coisa maravilhosa saber que os anos passam e a nossa amizade só se fortalece…”

Grrrrr, a foto não entra nem por um decreto!!!

Anúncios

  1. Sabe Bel,

    compartilho dessa dor e tb não compreendo por que a gente não comenta sempre que gosta de um texto ou mesmo o lê. Ficarei mais atenta a esses pequenos detalhes que são muito importante para nós escritores amadores.

    Bjo.

  2. Pingback: Tweets that mention O texto que eu gostaria de ter escrito « -- Topsy.com

  3. “Ter tempo é uma questão de preferência”, o problema é quando você tem que dar preferência dentro das preferências.
    Eu estou quase entrando em um retiro espiritual(ou não!) para colocar prioridades em minha vida e sei que isso vai me custar algumas preferências, se é que você me entende!

    Ah, vou lá dar uma olhada no blog!
    bjs

  4. Apois, gosto de ler blogs que acho interessante.
    Admiro quem os escreve, pois eu não tenho a menor criatividade para escrever, por isso tenho um microblog (twitter) rsrsrs
    Às vezes não coloco comentário, mas leio.
    Bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s