Dos prejuízos de sair de casa antes de acordar

Acho que já falei aqui que eu não gosto de acordar cedo. Mas não é simplesmente "não gostar". Eu simplesmente "não funciono" de manhã cedo. Quando preciso acordar, até acordo. Mas até o motor esquentar… vai um bom tempo.

Nesses 45 anos de vida eu sempre preferi estudar à tarde ou à noite (nem sempre consegui), mas era visível que eu rendia mais depois das 18h. Invariavelmente passo o dia com sono, dormindo facilmente se tiver a mínima chance de recostar a cabeça. Mas quando a noite chega… Oh, desespero. O sono vai embora como ladrão correndo da polícia. Dormir? Somente com a ajuda dos remedinhos mágicos. Sem eles, rolo na cama a noite inteira.

Há algum tempo, depois de adulta, eu comecei a aceitar isso, e as atividades que podiam ser trocadas para a noite, eu trocava. Muitas vezes saí da cama de madrugada pra escrever, fazer um trabalho de faculdade ou mesmo ler e assistir TV. E assumi: Sou noturna, notívaga ou sei lá como queiram chamar.

O problema é que casei com um madrugador. E a nossa música não é, mas bem que poderia ser "Ela é dançarina, eu sou funcionário… " E eu, para passar mais tempo com Marido, acordo quando ele acorda (5:30h) . Quero dizer, abro os olhos, levanto, tomo meus remedinhos, às vezes tomo café com ele… mas isso não quer dizer "acordar", quer? Porque,  se der, eu volto pra cama, lindona, e acordo lá pelas 9h e vou viver a vida.

Essa semana vi uma reportagem sobre o Gene 24, que é o responsável por fazer o organismo entender que quando anoitece é hora de dormir e quando amanhece é hora de acordar. E existem pessoas – MUITAS – que têm esse gene alterado, e por isso se sentem mais confortáveis trabalhando/estudando/vivendo à noite e brigando com o despertador pela manhã.

Quem está me vendo com os dois braços levantados, me incluindo nesse grupo???

Pois então. Hoje Marido foi dar aulas no SESI/SENAI, saiu cedinho e eu acordei pra estar com ele no início do nosso PRIMEIRO ANIVERSÁRIO DE CASAMENTO. Mas aí ele saiu e esqueceu de levar a fonte do notebook, me ligou pedindo pra ir levar. Troquei a roupa e fui, óbvio, no piloto automático. Fiquei ligada com o radar de 50Km que tem aqui bem pertinho de casa, mas… quando parei na fábrica para entregar a encomenda, o porteiro disse: Seu Mascarenhas não veio hoje, não. Hã? Veio, sim! Ops… não foi lá! Foi no SESI! "E volta o cão arrependido…"

Pensam que acabou? Cheguei em casa, e para abrir a porta apertei o alarme do carro. E ainda fiquei esperando a porta abrir. É nisso que dá sair de casa antes de acordar!

Anúncios

  1. Sempre me senti ‘noturna’ também, desde novinha – e tiver certeza disso enquanto fazia a monografia da primeira faculdade. A noite era qdo eu produzia, escrevia no blog e outras coisas. Qdo voltei a trabalhar, corria qdo chegava da faculdade pra dormir logo e levantar por volta das 3h da manhã, hora que eu sentava no pc e ia até de manhã. Lógico que morria de sono durante o dia, mas era o jeito. Alegria da minha vida é estar de férias, levantar de manhãzinha junto com mãe e namorado, tomar café, ver eles sairem de casa e então voltar correndo pra cama. *.*

    Até li sobre a reportagem, mas foi de manhã, eu tinha acabado de chegar no trabalho e, ainda não estava no modo ‘on’ o suficiente pra reter informação. Resumindo: sei exatamente o que vc quer dizer! hahahahah

    Super mãe! *.*

  2. Hahahaha… parece a situação aqui de casa, com a minha japa dorminhoca. Já voltou pra cama pra dormir o resto do dia ou resolveu desperdiçar ficando acordada???
    bjo

  3. Menina, adorei aqui.
    Sou super fã de narrativas curtas, e vc (na minha humilde opinião) é uma excelente cronista!

    Eeeeeeeu, durmo à noite horrores! haha

    Beijão

  4. Quem quiser me contar um segredo, pra desabafar… me acorde pra contar. Logo depois eu durmo de novo, e quando realmente tiver que acordar, não vou lembrar de nada!!!!!!

  5. Eu, eu, eu, eu! \o/

    Tbm demoro a pegar no tranco de manhã e nunca consigo dormir antes da meia noite, 1h da manhã, é qdo eu gosto de ler, escrever, etc. Tão melhor, né???

    Não estamos sozinhas, Bel!

    Bjo bjo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s