Tive uma idéia…

Não sei se vai dar certo, mas vou tentar. Já deu! Uhuuu!!!

Seguinte: Tem muita gente que não está conseguindo colocar o link da casa nova no seu blogroll, porque é coisa automática do blogger, e eu não sei [ainda] como fazer para que o WordPress possa entrar nesse esquema de “seguidores”. Então…

Toda vez que publicar aqui, vou jogar pra lá (pro Deixoler do blogspot) também, e assim todo mundo fica feliz. Quem tiver chateado com o sistema de comentários de lá, comenta aqui e pronto.  Os títulos dos posts lá serão links para os respectivos posts aqui. Tá bom assim??? Pra mim tá ótimo!!!

[Pronto, Patrícia, pode deixar o link velho mesmo!!!]

Anúncios

Sobre o novo sistema de comentários

Estou mais do que chateada com o Echo – JS-KIt, o novo sistema de comentários pelo qual PAGUEI e está se portando muito, muito mal. Depois de muita agonia de aguns que não conseguiam comentar, fiquei me batendo  até dar um jeito de liberar os comentários para quem não tem blog. Beleza, aí todos podiam dar seu pitaco. Só que… depois que liberei os “sem link”, não aparece mais link nem avatar de ninguém!

Captura de tela inteira 20012010 094815.bmp

Voltei a mexer nas configurações… espero que tenha encontrado o caminho certo. Agora algumas considerações sobre o infame:

1. Só abre quando TODOS os ítens da página tiverem sido carregados. Qaunto mais tranqueira tiver, mais tempo demora pra o link estar disponível. [Por isso tentei deixar bem clean minha sidebar]

2. Quem comenta precisa saber logar, senão fica sem link, a gente fica sem poder ir visitar, caso não seja um frequentador assíduo do blog, que a gente saiba quem é e onde se encontra. Então, não se irritem [muito], tenham paciência e tentem logar, de preferência no link “blogger”, quem tiver, é claro, ou no “OpenID” que permite colocar seu nome e link, caso não seja Blogger (Blogspot).

Captura de tela inteira 20012010 094523.bmp

Captura de tela inteira 20012010 094621.bmp

Captura de tela inteira 20012010 094457.bmp

3. Em hipótese alguma deixem de colocar seu nome, pra não ficar aparecendo “Guest” (Convidado).

4. Ele não me reconhece como proprietária do blog se não estiver logada com o e-mail antigo (anabelsc). Essa é a pior parte. Ele se acha esperto mas é um grande burro.

5. Não adianta poder colocar foto, vídeo e quetais, se as pessoas não conseguem nem postar o comentário.

É isso. Se arrependimento matasse… eu tava quase morta. Ainda estou esperando pra ver se ele se arruma.

Haloscan virou JS-Kit

E eu investi US$ 9,95 neste blog. O primeiro investimento de fato, em mais de quatro anos de vida blogueira, nos primeiros dias de 2010.

Já uso o sistema de comentários do Haloscan desde fevereiro de 2006, apenas três meses depois de ter criado o blog. Nunca fui muito com a cara da caixinha de comentários do blogger, sem graça… e quando consegui instalar o Mr. Halo, fiquei super-hiper-mega feliz.  Poder escolher a cor da caixinha, colocar uma imagem igual à do topo do blog, com a perguntinha: “Quer escrever? Eu deixo!”, usar o “blockquote” para fazer uma “sub-caixa” e responder o comentário… Possibilitando ainda a moderação de comentários e dando informações, estatísticas, detalhes… Perfeito.  E era grátis!

Pois é, ERA. Tal e qual o traficante de drogas, que dá o suprimento enquanto vicia o usuário… o Halo se portou muitíssimo bem durante mais de três anos, quase quatro, na verdade, nas minhas mãos. Agora, quando ele percebeu que o blogword está caidinho por seus encantos… pronto, deu o golpe: “Faça o upgrade para o JS-Kit, por apenas US$ 9,95”. Quase R$ 18,00, pagos via PayPal. Nem doeu. Doeria mais ficar sem TODOS os mais de 9 mil comentários, perder parte da história do blog. Não, nada disso.

Nesse tempo em que fiquei recebendo avisos do Mr. Halo sobre a necessidade de uma opção (“faça o upgrade ou perca seus comentários para sempre”), pensei seriamente em migrar o blog inteiro para a plataforma WordPress, ou registrar de vez o domínio http://www.deixoler.com…  enfim, muita coisa passou pela minha cabeça, e até ensaiei um post que iria se chamar “reflexões de uma blogueira que achava que sabia muita coisa – mas não sabia nada”.

Como vocês podem ver, eu desisti da mudança radical [por enquanto], e resolvi continuar com o Halo que não é mais Halo.

Fiz o upgrade hoje à tarde, e pelo jeito foi direitinho, todos os comentários, desde os primeiros, estão bonitinhos, cada um em seu lugar, sem que eu fizesse qualquer esforço [além de digitar a senha do PayPal] nem quebrasse a cabeça. Ainda não encontrei, dentro da Dashboard do JS-KIt onde estão todos os comentários para gerenciar. Mas com o tempo eu acho, eu acho. 😉

Algumas novidades do novo sistema:

Ativei a moderação de comentários apenas para quem nunca comentou, e na verdade, para as cinco primeiras vezes que comentar. Depois, quando já for conhecido, fica liberado. Ah, e o e-mail agora é exigido, embora não fique exposto.

Outra coisa: O Kit aceita vídeos do youtube, imagens, e links na assinatura, direto para o twitter, facebook e outras redes sociais, tudo ao mesmo tempo. Pelo que entendi, você configura sua “assinatura” no Kit uma vez, e onde for comentar que for o mesmo sistema, já fica gravado, não precisa logar novamente (no mesmo computador).

Então é isso. O ano começou com algumas mudanças por aqui, e eu adoentada. Garganta inflamada, nariz entupido, febre, calafrios… e até agora, dois dias de cama, remédios e chás. Espero que amanhã eu esteja melhor… porque segunda-feira estarei de volta a real life, com trabalho, mestrado e tudo o mais que configura minha nada mole vida. E doente, não dá, né?

Boa noite… e boa sorte!

Sobre a moderação de comentários

Sei que estou atrasadinha no assunto, mas num dos posts passados, quando avisei que os comentários do blog estavam sendo moderados, um dos meus leitores (o mais antigo, inclusive) fez um comentário bastante interessante, que merece ser compartilhado com vocês. Assim, como nem todo mundo abre a caixa do Mr. Halo em posts anteriores, achei que transcrevê-lo aqui (com a devida permissão) seria mais garantido. Dr. Amaury Carvalho, Advogado que está se especializando em direito na internet (ou sei lá que termo tenha a especialização dele, mas a essência é essa) tem a palavra:

“A questão de moderar os comentários nos blogs é legítima e necessária.

Quando se coloca um um blog “no ar” ele não está aberto – apenas – para amigos e conhecidos. Está aberto para TODOS, inclusive pessoas sem qualquer expressão de ética, moral ou justiça.

Realmente, já faz um tempo, que o judiciário vem condenando o “dono” do blog por comentários que ele deixa postar no seu blog. Alguns, também, foram condenados pela própria postagem do texto principal do blog.

Embora uns mais exaltados tenham partido em defesa da “liberdade de expressão”, DEVE ser lembrado que a tal “liberdade de expressão” é, realmente, um direito fundamental, garantido constitucionalmente. PORÉM não é um direito absoluto.

Não se pode utilizar a “liberdade de expressão” para justificar o abuso outra pessoa, a mentira, a violência, a calúnia, a difamação, o ódio racial ou a obscenidade (dentre tantas outras coisas que costumeiramente temos visto, de forma a destruir a reputação de outrem).

O blogueiro deve ser responsável. Responsável pelo que escreve e, também, pelo que dá espaço e permite que outros escrevam na sua página.

O blogueiro deve ter, além da noção da democracia que defende a “liberdade de expressão”, a certeza da existência de necessidade do equilíbrio entre os diversos direitos, afinal pode existir o “conflito de direitos fundamentais (Grunrechtskollision). Quando o exercício de um direito fundamental por parte de um titular conflita com o exercício de direito fundamental de outro titular, ocorre o choque de direitos (cf. CANOTILHO, 1993:643).

Exemplo: Direito e liberdade de expressão versus o direito a intimidade da pessoa vítima da alusão vexatória.

Percebe-se que os “titulares dos direitos” exemplificados têm suas garantias expressamente definidas nos incisos IX e X do artigo 5° , Capítulo I do Título I, capitulado pelos Direitos e Garantias Fundamentais da Constituição Federal:

IX- é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;
X- são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação.

O desafio, então, para o blogueiro (e para a democracia) é o equilíbrio: defender a liberdade de expressão e, ao mesmo tempo, impedir o discurso que seja ofensivo à intimidade e a imagem das pessoas, equilíbrio este pautado – igualmente – em direitos fundamentais.”

A título de explicação: Blogueiros estão sendo processados por conta de comentários feitos em seus blogs, e, embora provem que não foram os autores, são responsabilizados por TUDO o que é dito (escrito) em página de sua propriedade. Assim, resguardando os bens que eu nem tenho pra penhorar e pagar uma possível multa, só publico agora o que puder ser publicado, sem ofensa, injúria, calúnia ou difamação a quem quer que seja.

Tudo bem, eu sei que meu blog nem é polêmico, que não trata de assuntos que normalmente gerem confusão, mas… não custa tomar certas precauções.