Tô de saída…

Pois é, depois de testar a postagem via celular (que só entrou no blogspot, e não deu sinal de vida no WP), decidi levar o notebook (o velhinho, que é menor, mais leve e se der qualquer pepino, eu sofro menos) na viagem. Ah, não sabia que eu ia viajar? Pois vou! E é amanhã de manhã. Smiley piscando

Espero ter conexão pra postar ao menos enquanto estiver em Sampa, e no navio eu escrevo quando puder e publico quando der. Deixei programados os posts do Meme pro ano inteiro, então o blog não vai ficar completamente abandonado.

Marido vai ficar em casa e vamos entrar no avião aqui, e encontrar com o filhote que vem vindo de Aracaju no mesmo vôo! Não é lindo? E não foi premeditado, foi obra e graça da Gol, que trocou o vôo dele, fazendo com que deixasse de ser SSA-GRU direto e passasse a ter uma parada… EM ILHÉUS!

Enfim, todas as coisas estão se encaminhando perfeitamente bem, a hospedagem e a programação da semana estão fechadas, com encontro de amigas blogueiras e reencontro com a família, e no sábado (25/02) embarcamos em Santos num cruzeiro de 8 noites até Buenos Aires e Punta del Este.

Da lista de coisas a serem feitas, risquei todos os ítens, menos ir ver Dinah (mas ela disse que vai ao aeroporto amanhã), e estou um bagacinho, mas espero dormir bem e acordar revigorada amanhã.

Então é isso… Boa noite, e boa sorte (pra nós todos)!

Não-post #83902

Daí que daqui a uma semana estou levantando vôo com meus velhinhos (dois, o terceiro vai ficar em casa) e rumando para Sampa bem no carnaval, pra de lá embarcar num navio (Santos) e passar uma semana no mar. Por conta disso, estou trabalhando que nem louca, e cadê tempo pra blogar?

De duas semanas pra cá recebi uma amiga de infância e tios queridos em casa, dei dois cursos de fotografia, fotografei um casamento, fiz uma palestra pra os professores da rede municipal de Ubaitaba, fiz a curadoria da exposição de fotos dos alunos do Curso Básico de Fotografia em Itabuna, e ainda VIVI ( vivi = Namorei, fui à praia, assisti filme, fiz comprinhas pra mim e pro filhote, fui ao médico, fiz acupuntura, dormi…). Tá bom, ou querem mais?

Aí não sobrou MESMO tempo pra blogar, né? Nem pra ligar prazamigas, que já estão reclamando de abandono. Mas juro, gente, essa viagem PRECISA acontecer, e PRECISA ser boa. Era pra ser em fevereiro do ano passado, mas aconteceu um monte de coisas, mamis adoeceu, e os planos tiveram que ser modificados. Marido foi nosso herói: conseguiu que a agência de viagens devolvesse todo o valor em forma de carta de crédito, perdendo somente 5% pela alteração da data, e agora finalmente está chegando o dia.

Isso significa também mais duas semanas sem atualizações tão constantes, já que viajamos dia 19 de fevereiro e retornamos dia 5 de março. Considerando que de 8 a 10 de março tenho outra turma de curso de foto… ai ai ai.

Este post é somente pra quebrar a monotonia e dizer que não morri, quem sabe ainda consigo escrever algo decente, entre  arrumar as malas de três, dar atenção a Marido, editar um álbum de casamento e um de aniversário de criança, que tenho que entregar antes de viajar?

Outra Mel em minha vida

Hoje cedo, quando fui molhar as plantas, vi a poodle branquinha toda molhada, presa do lado de fora do portão da casa vizinha. Sabendo que ela é mansinha e dócil, fiquei com medo de que passasse alguém e passasse a mão naquela minúscula criatura com um par de lacinhos amarelos. Coincidentemente… o nome dela é Mel!

Gritei chamando os vizinhos, mas não tive resposta. Resolvi pegar a bichinha e por pra dentro, pois era maldade deixá-la na chuva. Desci, chamei, mas ela só olhava pro portão dela e nem se mexia pra me acompanhar. Voltei em casa, peguei um lençol velho (fiquei com medo dela querer me morder, se ficasse estressada em ser colocada num colo estranho), e trouxe a criança fujona pra casa.

Mel 10-10-2011 004

Marido fotografou, e fez a festa:

Mel 10-10-2011 002Mel 10-10-2011 005Mel 10-10-2011 006Mel 10-10-2011 009Mel 10-10-2011 010

Depois coloquei o trocinho enrolada no lençol pertinho da porta e deixei na varanda, esperando o pessoal da casa acordar e dar pela falta dela.

Mel 10-10-2011 014Mel 10-10-2011 016Mel 10-10-2011 017

Quando o “pai” dela chegou (tinha saído cedinho) entreguei a criança e dei por finalizada a operação de resgate e salvamento!

Atualizando…

E aproveitando as últimas publicações no Facebook, alguns “acontecidos” no final de semana.

* De quinta a sábado teve a segunda turma do Curso Básico de Foto. 19 pessoas que parece terem sido escolhidas a dedo, tanto na simpatia, quanto no interesse e disposição para aprender e experimentar. Veja álbum com as fotos deles, o making of e o mais legal: As fotos que eles tiraram de mim! (Não precisa estar logado no FB,basta clicar!)

Curso de Foto - Turma 2 - 16-07-2011 030

A turma, sem os atrasadinhos…

Valéria 1

Meu momento “modelo”, super divertido.

Foto: Lelly Lopez

* Ainda sábado, fui comer caranguejo com Mírian Dadoorian (adooro esse nome dela com dois “os”) e Marido dela, Vini. [Marido meu não foi, estava num curso na UESC.]

Na verdade, o caranguejo foi só uma questão de acompanhamento, porque nós estávamos mesmo era planejando a mochilagem fotográfica na Chapada, com Flávia, mês que vem. Complemento ainda foram: acarajé e abará (com água de côco pra mim, coca pra eles) e picolé de chocolate com pedaços, da Banana Split! Ainda twittei DA TV deles (me achei chique no úrtimo, apesar de demorar séculos pra digitar no controle remoto e o teclado na tela ser em ordem alfabética – nunca vi isso!).

Captura de tela inteira 18072011 080840.bmp

Foto0266

Nós duas, foto de Vini

Foto0265

O fim dos caranguejos, a “secura” era tanta, que não lembramos de fotografar antes! Desculpaí, Flavinha!

Essa mochilagem fotográfica vai ter blog acompanhando em tempo real. Aguarde e confie.

* Na noite de sábado comprei passagem da Gol a R$ 59,00 o trecho pro filhote vir fazer a prova do IFBA em agosto. Foi milagre Ilhéus estar incluída na promoção. E saiu mais barato que a passagem de ônibus! \o/

* Domingo foi um dia estranho. Começou com mamis tomando outra queda… e a agonia de resolver os problemas sobre isso. Graças a Deus não quebrou nada  – quando eu digo “graças a Deus” é com um real sentimento de gratidão. Porque eu nem sei como seria com uma fratura de fêmur ou bacia… Ela ficou tristinha, quando já estava melhor e toda animada pra r à igreja, volta pra cama! É dureza…

Nós já havíamos planejado um almoço com amigos, e fomos assim mesmo, deixando o celular em alerta para o caso deles precisarem de nós. E fomos no Morro dos Navegantes. Lugar belíssimo, agradável de se olhar e de se estar. E a comida… céus! Desde a entrada, Camarão à africana, [que mais parecia à indiana, com curry… delicioso!] aos pratos principais: lagosta na pedra, tilápia na pedra e moqueca de camarão. Mostrar é melhor, né?

Foto0273

A lagosta – aberta, super fácil de tirar! Ufa!

Foto0272

Tilápia na pedra – um sonho de gostoso!

Foto0275

A “pedra”. Tilápia já era!

Depois de tudo isso, teve o jogo do Brasil, que dispensa comentários. Ainda bem que eu dormi o jogo todo, Marido me acordou quando ia começar a prorrogação, pra ir ao mercado e vimos os dois primeiros pênaltis perdidos numa tv na rua. O resto da história vocês sabem.

Terminamos a noite social indo ao Teatro, assistir “Igual a Você”, com Camila Morgado e dois atores que estavam estreando ontem, e, na minha modesta opinião, foram melhores do que ela. Mas isso é assunto pra outro post.

Enfim, o fds foi agitado, antecedendo a segunda que promete ser tensa. Considerando minhas experiências anteriores com extração dentária… estou quase pirando. A dor passou, a “bolha” murchou, mas não me arrisco a repetir a experiência. Vou enfrentar e jogar no lixo o que não presta mesmo. Mas antes precisava desabafar tanto repartindo as coisas boas quanto exorcizando o medo do dentista. Na verdade nunca tive MEDO de dentista, não. Mas quem já precisou de uma anestesia geral pra tirar um siso que não saia porque estava com a raiz enganchada na raiz do vizinho… não pode ser considerada paranóica quando precisa extrair um molar, né?

Dou notícias depois. Se sobreviver.