Pronto!


Aconteceu tudo que tinha que acontecer nesses últimos dias. Solenidades, demonstrações de amor, carinho e consideração, até sacrifício. Mas dentro de mim, algo estava (está) faltando, e isso leva à não-atualização das notícias por aqui.

Não sei explicar… talvez seja a sensação de desproteção, já que agora não tenho mais o status de estudante, e devo à sociedade uma resposta à questão: “E agora?

Talvez seja o vazio que fica quando se conclui um projeto grande, que durou 4 anos e consumiu muito do meu tempo e dos neurônios.

Talvez seja a preocupação com o que vai acontecer com o filhote…

Talvez seja a falta de pessoas especiais que não puderam estar presentes…

Talvez seja a parte emocional, minhas carências e tudo o mais…

Talvez seja a falta de grana e a sensação de incapacidade e impotência…

Talvez… não, com certeza, é tudo isso junto, e mais um pouco, de coisas que eu não consegui transcrever em palavras. Tudo isso que me roubou um tanto de alegria, e me fez sentir uma hipócrita com aquele sorriso estampado no rosto, que nunca ninguém vai dizer que não era verdadeiro, mas eu sei que foi um esforço tremendo pra exibí-lo.

No fim das contas, Line conseguiu vir, mesmo que fosse SÓ pra formatura mesmo, pois chegou na sexta à tarde e viajou no domingo pela manhã (se o ônibus estivesse no horário), e isso em duas viagens de 20h cada uma. Mas confesso que se ela não tivesse vindo, eu não conseguiria nem forçando ostentar metade do sorriso.

Foi nessa hora que pude contemplar quem são as pessoas que realmente se importam e vibram com minha(s) vitória(s). Família de perto e de longe, amigos que ligaram, mandaram e-mail, indo ou não indo, mas se manifestaram. Como foi bom!!!

Bom, atualizei aqui, né? Mas o monte de fotos, quem quiser ver vai ter que ir no álbum do orkut. Porque mr. Blogger não está colaborando.

Vamos que vamos!!!

*************

Respondendo…

Jady: Não reclama, já atualizei. E te mandei fotos, oras!!!

Geo: Pra que tu quer MAAAAAIS foto??? kkkkkkkkkkk

Nana: Obrigada, pra você também.

Dani: Oooooooooow, não se preocupe, amiga, perfeitamente compreensível. Ele está melhor?
Ah, e que Deus te ouça… PRECISO de emprego!!!

Shê: Obrigada, minha linda!!! Beijão!

Intense: Huuuummm… senti um gostinho de coisa ruim no ar. Então deixa quieto, e pense “pra frente”!!! Qualquer dia, se você quiser, escreve sobre o assunto. (De novo). Beijo!

David: Obrigada!!!

Sofia: Nem tudo é como a gente quer/espera… mas acho que o que vai por dentro determina muita coisa do que acontece por fora. Xêro, minha linda!

Mia: Obrigaaaaaaaaaaaaadaaaaaaaaa!!!

Carol: Venha, venha, venha… mesmo que seja pós-formatura!!!

Sandrinha: Obrigada!!! (devia ter outra maneira de agradecer felicitações… mas eu só sei essa! 😉 )

Anúncios

Só pra lembrar quem é da terra…

(Clique para ampliar)

Começa hoje com o culto, e termina amanhã com a colação de grau!

Na verdade, agora pela manhã já teve a “colação de grau sem solenidade” e fui lá prestigiar minhas amigas Renata, Júlia e Gisele. Foi legal, rimos um bocado… eu tava precisando.

Então, pessoas, quem quiser/puder vir, será muito bem vindo!

Sessão Nostalgia!

E muito do bom que ficou foi registrado em fotografia…

Quando pensei em fazer um convite virtual, era pra ser um vídeo, com fotos dos momentos legais (e desestressantes) do curso, dos colegas que se tornaram amigos, etc, etc… Mas se às vezes olhar uma foto não anima as pessoas, que dirá assistir um vídeo, perder alguns minutos… Fora o fato de que quando você não conhece as pessoas que estãso nas fotos, elas se tornam cansativas e desestimulantes.

Assim, Fiz o convite “light” (postei aqui e enviei por e-mail para alguns amigos) e fiz também meu “vídeo de despedia”, ou a “sessão nostalgia”. Deu trabalho, sabem? Pré-selecionei mais de 300 fotos, vindas de milhares de DVDs de backup, e alguns não cheguei nem a abrir, pois o cansaço bateu. Depois, descartar muitas… – foi algo que aprendi nos trabalhos de edição (e odiei) – é um processo duríssimo. O cineasta se apega às imagens, e quer colocar todas… por isso se diz que quem filma não pode nunca ser o editor, pois o filme corre o risco de ficar longo. É verdade. Acho que esse ficou. E ainda ficou tanto sem entrar…

Espero que vocês tenham paciência de ver… e se não tiverem, eu entendo. São momentos e pessoas importantes PRA MIM, e não posso impingí-los a vocês. De qualquer forma, é isso. 4 anos depois, eu acredito em Darwin e na evolução das espécies. Eu, decididamente, estou melhor hoje do que em 2004.

Convite oficial

Clique para ampliar

A todos os interessados na leitura deste blog, chegou o convite oficial: Minha tão esperada formatura!!!

Não vou nem falar que deu bode com o “convite de papel” que não vai ficar pronto antes de eu viajar, que as fotos todas que usei foram feitas com a minha câmera, que meu punho está dolorido depois de – literalmente – horas segurando o mouse para fazer o meu convite e o de Nina, que o arquivo foi e voltou várias vezes para avaliação da minha dizáine oficial, que ela não gostou das fontes que escolhi e me fez assinar à mão (éeeeeee, essa é a minha assinatura não-oficial, já que a da identidade é uma rubrica), que eu esqueci de colocar o horário da colação, que dei como pronto várias vezes antes de ficar pronto de verdade… Juro que não vou.

Não vou também dizer que tô de saco cheio com essa formatura, que a bendita comissão está me dando nos nervos, que não consegui me envolver com nada (instinto natural de preservação) nem com o culto, que vou fazer um culto “particular”, só meu, com o meu pastor, as minhas músicas, a minha programação

Não vou me queixar dos gastos sem sentido (pra quê eu paguei 450 reais, se pra usar a beca e receber o canudo eu tenho que assinar contrato com o fotógrafo????), nem dos gastos “com sentido” (quase 100 reais pra encadernar as 3 cópias da mono, comprar roupa, sapato, etc) nem do fato de que vou perder o casamento de uma amiga porque é no mesmo dia da colação…

Não, este post não vai ser de reclamações. Vou é ficar feliz porque está chegando a hora, e vai acabar. Vou mergulhar no lago de Pollyana e achar tudo maravilhoso, maquiar a cara e sorrir bastante, que nem sorri ontem no ensaio fotográfico que fiz com Renata. (Eu fiquei linda nas fotos, qualquer dia mostro pra vocês!)

Enfim… Sintam-se todos convidados, alguns eu sei que vêm mesmo, outros não… mas o convite está feito, e não é “por educação”, não. É de coração. Porque quem lê o que eu deixo, pelo menos teoricamente se alegra com minha conquista. Agora eu vou dormir. Boa noite!